Lorena Nolasco: empreendedorismo, mudança e amor!

Empreender não é tarefa fácil, requer anos de estudo, dedicação, aprendizado…A estrada é longa até se conquistar a tão sonhada estabilidade. Mas, e se quando seu negócio já está andando com as próprias pernas você decidir mudar de rumo? Investir em um novo desafio? Recomeçar a jornada?

Foi isso que aconteceu com a pedagoga Lorena Nolasco. Após anos com um negócio estabilizado, ela decidiu abraçar uma nova jornada. Esse combinado de experiências fez com que quiséssemos entrevistá-la para nossa sessão #GIRLPOWER, voltada para empreendedorismo feminino e empoderamento.

Nas próximas linhas você vai conhecer mais da história de Lorena, entender dos desafios de empreender na pedagogia e ainda sair dessa leitura com alguns conselhos valiosos! Aproveite 😉

 

IMG_65591- Como descobriu a vocação para ser pedagoga?

– A pedagogia sempre me fascinou, pois ensinar é para mim o sentido maior de minha vida. Minha vocação estava em evidencia desde o meu ensino fundamental.

 

2- Com surgiu a vontade de empreender dentro da pedagogia?

– Todas as profissões nos sugerem vários pontos de atuação, eu sempre quis fazer diferente, trazer coisas diferentes, ensinar diferente, foi aí que nasceu a vontade de ter uma escola para fazer a diferença na vida das crianças e de suas famílias.

 

3- Quais são os desafios de empreender na educação?

– Os desafios são muito grandes, principalmente o que demanda sobre as mudanças que o ensino sofreu nas duas últimas décadas. Manter-se atualizada foi o maior desafio, pois a tecnologia e a quantidade de sistemas de ensino disponíveis no mercado, pode confundir na escolha da melhor opção.

 

4- Qual é a parte mais gratificante de empreender na educação?

– É certamente o reconhecimento de que suas escolhas foram as melhores.

 

5- Qual foi a motivação de largar uma sociedade de 25 anos para fazer vôo solo com o Sotopi?IMG_6706

– Começar um novo projeto é sempre muito desafiador, a vida me move para fazer coisas diferentes e surpreendentes, então já era hora de mudar. A maturidade me trouxe mais tranquilidade, os estudos me deram a segurança que preciso e a experiência me deu a certeza de que meu novo projeto é possível.

 

6 – Como funciona o seu trabalho com as crianças especiais no Sotopi?

– O trabalho no Espaço Psicopedagógico Sotopi é bem diferenciado e diversificado, pois ajudamos jovens com deficiência a encontrar seu ponto de equilíbrio e de produção de maneira tranquila porém objetiva.

O forte, hoje são os atendimentos às famílias que buscam respostas tanto de como educar seus filhos, como escolha da escola ideal e como passar as fases de desenvolvimento humano. As consultorias em escolas da grande Florianópolis são um grande destaque no trabalho no Sotopi.

Os projetos AMARE ( somente para mulheres), Formação de Professores e oficinas de treinamento para docentes, entram como a amplitude dos serviços que oferecemos no Sotopi.

 

7- Qual o seu conselho para mulheres que desejam empreender?

– O empreendedorismo ainda é um grande desafio para as mulheres, porém meu conselho é:

. Seja diferente mesmo fazendo o que todos fazem.

. Prepare-se com estudos e cursos de gestão de pessoas e gestão financeira .

. Pesquise sobre seu negócio, trabalhe e divulgue muito.

. Domine seu negócio e seja seu negócio.